Bioética

Bioética tem como propósito avaliar o impacto do avanço científico nas ciências biológicas sobre a vida em toda a sua complexidade. Deste modo, analisam-se três aspectos considerados importantes para a educação: o impacto das pesquisas em biologia sobre a visão de ser humano, a necessária superação de uma visão antropocêntrica arrogante e a reconhecida e clara importância que a bioética atribui à interdisciplinaridade.

A Importância da Bioética

1
Bioética – Aula 1

Atualmente se discute muito sobre ética: ética na política, ética na educação, ética na pesquisa, ética na saúde, etc. Mas, o que é ética? Qual a diferença entre a ética e a moral?

2
Questionário – Aula 1
3 perguntas

Bioética e Educação no Ensino Médio

1
Bioética – Aula 2

A educação dos alunos do Ensino Médio deve estar integrada, de modo transversal, à formação ética, conforme previsto pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação, de 1996, e explicitado pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, de 1999. Por formação ética entende-se que os conteúdos do ensino devem instrumentar os educandos a exercerem suas competências cidadãs, através de compromissos individuais e sociais, interagindo conscientemente na vida da comunidade à qual estão integrados.

2
Questionário – Aula 2
3 perguntas

Bioética: Origens e Complexidade

1
Bioética – Aula 3

Em 1927, em um artigo publicado no periódico alemão Kosmos, Fritz Jahr utilizou pela primeira vez a palavra bioética (bio + ethik). Esse autor caracterizou a Bioética como sendo o reconhecimento de obrigações éticas, não apenas com relação ao ser humano, mas para com todos os seres vivos (1). Esse texto, encontrado por Rolf Löther, da Universidade de Humboldt, de Berlim, e divulgado por Eve Marie Engel, da Universidade de Tübingen, também da Alemanha (2), antecipa o surgimento do termo bioética em 47 anos. No final de seu artigo, Fritz Jahr propõe um “imperativo bioético”: respeita todo ser vivo essencialmente como um fim em si mesmo e trata-o, se possível, como tal.

2
Questionário – Aula 3
4 perguntas